O Município de Alandroal vai participar como parceiro estrutural no projecto “Além Risco”, que procura combater as mudanças climáticas com a plantação de árvores.
Desenvolvido por uma equipa liderada por Miguel Bastos Araújo, investigador da Universidade de Évora, o projecto tem como objectivo envolver os cidadãos na plantação de 50.000 árvores nos aglomerados urbanos do Alentejo Central, permitindo não só reduzir o efeito de “ilha de calor” por eles criados, mas também reforçar a capacidade de adaptação das populações locais ao efeito das ondas de calor na saúde pública. Ao aumentar o coberto arbóreo dos espaços urbanos, podendo estender-se a espaços periurbanos ou outros, recorrendo sobretudo a espécies autóctones, é possível diminuir as temperaturas médias registadas nestes espaços, em especial no Verão.
O “Além Risco” é financiado pelo EEAGrants (contribuição da Islândia, do Liechtenstein e da Noruega para a redução das disparidades na Europa e também no reforço da cooperação entre os estados doadores e os 15 estados beneficiários da Europa Central e do Sul) e envolverá fundos próprios do Município, de acordo com o grau de envolvimento do mesmo.
O Município de Alandroal espera, com esta colaboração, promover a plantação de alguns milhares de árvores no seu território, iniciar uma nova abordagem aos espaços verdes criados e a criar e gerar também uma dinâmica de envolvimento da comunidade, em especial da escolar, no desenvolvimento de acções concretas de combate à crise climática.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Campo Maior: Comerciantes sobrevivem como podem à espera do desconfinamento

Aos poucos, a vila de Campo Maior vai recuperando do “grande susto que apanhou” no início …