A Comissão Política Concelhia de Elvas do Partido Socialista referiu que a bancada do partido votou, ontem, favoravelmente, na assembleia municipal, a proposta que sustenta o inventário e documentos de prestação de contas do ano 2020.

Em comunicado enviado à redacção do jornal, a concelhia de Elvas do PS destaca que o documento reflecte “uma gestão rigorosa dos dinheiros públicos, com elevado grau de realização de obra em benefício dos munícipes”.

Os socialistas elvenses suportam a votação favorável na “continuada melhoria nos resultados” das contas do presente exercício, considerando que o executivo do município tem tido uma “condução política adequada e de boa gestão”.

A Comissão Política Concelhia de Elvas do PS realça “a melhoria nos resultados líquidos obtidos” em relação ao ano anterior” que, ainda assim, continuam a permanecer com “valores negativos” em consequência de amortizações e custos com pessoal.

As contas deste município alentejano, segundo o PS, pautam-se por “um equilíbrio financeiro” assente numa “boa execução orçamental e pelo cumprimento do limite da dívida total”. Os socialistas dizem ainda que “ficou resolvida neste exercício” a dificuldade de valorização e existência de activos fixos tangíveis, que havia sido espelhada com reservas no relato sobre a auditoria das demonstrações financeiras registadas em anos anteriores pelo revisor oficial de contas.

Ainda no decorre da aprovação dos documentos de prestação de contas de 2020, a bancada socialista do concelho de Elvas enfatiza que a autarquia “continua com uma boa capacidade para resolver os seus compromissos sem ter necessidade de financiamentos externos”.

No comunicado pode ler-se também que o executivo que lidera a câmara municipal estabeleceu como preocupação o “controlo dos custos operacionais”, traduzindo-se na redução do fornecimento e serviços externos em parte devido às implicações da Covid-19.

A concelhia ‘rosa’ salientou, entre outros, a disponibilidade de 3,12 milhões de euros em caixa e depósitos bancários e no que respeita ao passivo revela um “substancial decréscimo das rubricas de fornecedores e fornecedores de investimento.

O partido finaliza, em comunicado, que foi implementado, pela primeira vez em 2020, o Sistema de Normalização Contabilística – Administração Pública, num ano em que se deu início e continuidade “a obras de extrema importância”, tendo enumerado vários investimentos no concelho.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Política

Veja também

Elvas: Município afina procedimentos do Canil Municipal

As funções do Município e do Movimento Animal em relação ao Canil Municipal foram revistas…