O uso obrigatório de máscaras em transportes públicos vai terminar, anunciou o Governo esta quinta-feira, no final de uma reunião do Conselho de Ministros.

Segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, há uma “tendência estável de casos” covid-19 e condições para acabar com as máscaras em autocarros, comboios, táxis, TVDE [Transporte Individual e Remunerado de Passageiros em Veículos Descaracterizados] ou aviões.

A utilização de máscaras deixará também de ser obrigatória em farmácias. Nos hospitais e lares o uso continuará a ser obrigatório.

O fim do uso obrigatório de máscaras entrará em vigor depois de ser publicado em Diário da República.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

PSD questiona Governo sobre prazos e diminuição do investimento do hospital central do Alentejo

O PSD questionou hoje se o Governo pode garantir que a construção do Hospital Central do A…