As eleições para a Assembleia de Freguesia de Comenda, no concelho de Gavião, repetem-se domingo, após o tribunal validar um voto inicialmente nulo, originando um empate, disse hoje à agência Lusa o presidente da câmara.
“Na assembleia de apuramento geral, a juíza considerou válido um voto [a favor do PS] que tinha sido invalidado pela presidente da mesa”, disse o presidente da Câmara de Gavião, José Pio.
De acordo com o autarca, esta decisão provocou um empate entre as candidaturas da CDU e do PS, tendo as duas forças partidárias recolhido 195 votos cada.
Os resultados provisórios publicados pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, na noite das eleições autárquicas de 26 de setembro, ditavam a vitória para a CDU com 195 votos (41,85%), mais um do que a lista do PS (41,63%), tendo o PSD recolhido 54 votos (11,59%).
Num universo de 651 eleitores inscritos, votaram 466 pessoas (71,58%), tendo ainda sido registados 11 votos em branco (2,36%) e 12 votos nulos (2,58%), de acordo com os mesmos resultados provisórios.
O presidente da Câmara de Gavião, reeleito pelo PS nestas eleições para um terceiro mandato, recordou ainda que, a 26 de setembro, a candidatura socialista “fez logo uma reclamação”, sobre a anulação desse voto por ter “um risquinho do tamanho de uma unha” ao fundo do boletim.
Na repetição do ato eleitoral para a Assembleia de Freguesia de Comenda, no domingo, mantêm-se em sufrágio as candidaturas da CDU, PS e PSD.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Dois mortos e quatro feridos em colisão no concelho de Montemor-o-Novo

Duas pessoas morreram e outras quatro sofreram ferimentos graves numa colisão entre dois a…