Após levantamento de preocupações por parte da população relativamente à qualidade da água proveniente da rede pública, o Município de Elvas solicitou esclarecimentos à EPAL (Empresa Portuguesa de Águas Livres, S.A.) relativamente a esta questão.

A EPAL, em resposta ao Município de Elvas, informou que o agravamento das condições na captação de água bruta da albufeira do Caia originou uma perturbação no tratamento, o qual foi prontamente ajustado, continuando a estar garantido o cumprimento de todos os parâmetros legais da qualidade da água fornecida pela ETA do Caia.

O cumprimento destes parâmetros é atestado através de controlo analítico realizado em Laboratórios Acreditados.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Elvas

Veja também

Agrária de Elvas com 46 alunos colocados na 1.ª fase do concurso nacional de acesso

Um total de 46 alunos preencheram as 99 vagas iniciais dos cursos da Escola Superior Agrár…