O Porto de Sines resistiu à tendência de quebras acentuadas na movimentação de contentores a nível global, registando uma diminuição acumulada de 2% nos primeiros seis meses deste ano, foi hoje divulgado.Em comunicado divulgado hoje a Administração do Porto de Sines (APS) explica que depois de o primeiro trimestre de 2020 ter sido “até bastante positivo” no segmento dos contentores, o segundo trimestre “foi afetado pelo impacto da pandemia [de covid-19] na economia mundial”.De acordo com a APS, as perspetivas para o segundo semestre de 2020 “passam pela manutenção dos volumes do ano anterior no segmento da carga geral, nomeadamente no que respeita à carga contentorizada, e da contínua redução de movimentação de combustíveis fósseis”.O primeiro semestre deste ano “veio confirmar a tendência para a redução da movimentação de combustíveis fósseis” no porto alentejano, em linha com “os desafios colocados” no Pacto Ecológico Europeu.“Com a paragem das centrais termoelétricas nacionais, o Porto de Sines deixou de movimentar quase dois milhões de toneladas de carvão, em comparação com o semestre homólogo anterior”, exemplifica a administração portuária.Também “a redução da movimentação de crude devido à diminuição da procura de combustíveis (gasolina e gasóleo), no contexto do confinamento devido à pandemia, teve um impacto de quase um milhão de toneladas na movimentação de granéis líquidos, com o Gás Natural Liquefeito (GNL) a manter os níveis de movimentação do semestre homólogo anterior”.No que respeita ao segmento de carga geral, no qual se inclui a carga contentorizada, a movimentação “manteve-se praticamente inalterada”, indica a empresa.“O conjunto dos três segmentos de mercadorias registou no primeiro semestre de 2020 uma redução de 12,7% em relação ao mesmo período do ano anterior”, concluiu a administração do Porto de Sines, no distrito de Setúbal.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Encontrada com vida mulher desaparecida na sexta-feira em Ponte de Sor

A mulher de 75 anos que estava desaparecida desde sexta-feira à tarde no concelho de Ponte…