A Comissão Dinamizadora de AMAlentejo entregou quarta-feira, 30 de Outubro, mais de um milhar de assinaturas na Plataforma Electrónica da Assembleia da República, no âmbito da petição pública pela  “Electrificação e Modernização da Linha do Alentejo”.
O movimento formalizou a entrega de 1151 assinaturas, tornando obrigatória a discussão e apreciação da petição na Assembleia da República.
A Comissão Dinamizadora de AMAlentejo pretende agora chegar a um total de quatro mil assinaturas de modo a obrigar o Plenário da Assembleia da República a debruçar-se sobre o assunto em causa.
O movimento considera que ainda é possível avançar com a candidatura deste importante projecto no quadro do H2020 e inscrever no PNI2030 a concretização do mesmo, assim como os referentes às ligações do corredor Sines-Évora-Caia/Badajoz à Linha do Leste, via Portalegre, bem como do ramal de Cáceres, como proposto pela Plataforma Alentejo, de que AMAlentejo é parte integrante, na sua “Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Empresários do Alentejo lançam projeto de internacionalização para sector agroalimentar

Sessenta empresas ligadas ao setor agroalimentar no Alentejo vão poder integrar um projeto…