O comandante geral da Guarda Nacional Republicana (GNR), Manuel Couto, disse ontem, em Portalegre, que os recursos humanos são “parcos” para colmatar todas as necessidades da GNR.

Manuel Couto falava durante a cerimónia do Compromisso de Honra de 400 guardas provisórios, que decorreu no Centro de Formação de Portalegre.
400 guardas provisórios, 343 homens e 57 mulheres do Centro de Formação de Portalegre da Escola da Guarda Nacional Republicana prestaram o Compromisso de Honra perante o Estandarte Nacional.
O dirigente deixou uma mensagem de esperança aos militares que vão reforçar o dispositivo da Guarda Nacional Republicana, mas lembrou que “os tempos são difíceis”.
A cerimónia foi presidida pela ministra da administração interna, Anabela Rodrigues.

Foto: Rádio Portalegre

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Direção regional apresenta queixa-crime por alegada destruição de anta em Évora

A alegada destruição de uma anta numa herdade perto de Évora, por causa da plantação de um…