O Castelo de Elvas vai ter patente ao público, a partir de 24 de Março, a exposição “Duarte Darmas do cálamo ao drone”.

A mostra abre com uma conferência inaugural, proferida pelo autor, Santiago Macias, a ter lugar pelas 18 horas.

A exposição, que poderá ser visitada até 9 de Abril, apresenta um estudo sobre aquele que é o mais singular documento da castelologia nacional, o Livro das Fortalezas, elaborado por Duarte Darmas.

Desenhador ao serviço do Rei D. Manuel I, Duarte Darmas percorreu toda a linha de fronteira, realizando para o monarca um levantamento da arquitectura militar castelar, que, pela sua riqueza iconográfica, tornou-se num importante documento.

O Castelo de Elvas foi um dos 56 castelos desenhados por Duarte Darmas, quando, em 1510, o rei D. Manuel o encarregou de um levantamento das fortalezas de fronteira.

Para este projecto, o investigador Santiago Macias revisitou os 20 castelos desenhados pelo cálamo de Duarte Darmas na região Alentejo, à luz da perspectiva de um moderno drone.

Um “voo de pássaro” que permitiu entender as perspectivas a partir das quais Duarte Darmas os desenhou e identificar continuidades e alterações na arquitectura das fortalezas representadas.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Porque é que a Antártida é o único continente do nosso planeta que não pertence a ninguém?

Porque é que a Antártida é o único continente do nosso planeta que não pertence a ninguém?…