A Estrada Nacional 373 (EN373), entre Campo Maior e Elvas, cortada devido a danos provocados pelo mau tempo, vai reabrir hoje ao trânsito, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).

Fonte da empresa indicou à agência Lusa que a circulação rodoviária vai ser retomada às 18 horas, após a conclusão das obras de reabilitação da via, cujo investimento foi assegurado no âmbito do “contrato de conservação corrente” existente.

Segundo a IP, “os trabalhos foram concluídos esta manhã” e, após a vistoria conjunta com o presidente da Câmara de Campo Maior e responsável pela Protecção Civil Municipal, “o troço da EN373 será reaberto à circulação em totais condições de segurança”.

Com a reabertura desta estrada nacional, sublinhou a empresa pública, fica “reposta a ligação viária directa entre Campo Maior e Elvas, melhorando a mobilidade das populações destes concelhos”.

Este troço da EN373, realçou, estava encerrado ao trânsito, desde o passado dia 13 de Dezembro, devido ao colapso do muro de suporte contíguo de um pontão localizado ao quilómetro 13,245.

Os danos nesta infraestrutura foram provocados pelo mau tempo que assolou a região em meados de Dezembro de 2022, lembrou a empresa, assinalando que, logo que detectados os danos, procedeu “à sinalização do local e interdição da circulação”.

“Assim que as condições no terreno permitiram, foi realizada uma avaliação detalhada das condições da infraestrutura e dado início à intervenção de reconstrução e reforço do muro de suporte que colapsou”, referiu.

De acordo com a IP, além da reconstrução do muro, foram executados “trabalhos de regularização do leito da linha de água sob a obra de arte, incluindo a colocação de enrocamento argamassado”.

O mau tempo registado entre 7 e 14 de Dezembro de 2022 provocou “mais de 650 ocorrências em toda a rede rodoviária nacional, a generalidade das quais foram resolvidas nas horas subsequentes”.

Salientando que a rede viária a cargo da IP no distrito de Portalegre “foi fortemente afectada”, a empresa indicou que “a grande maioria foi restabelecida após algumas horas ou dias” e as restantes situações “têm vindo a ser resolvidas”.

Actualmente estão “duas situações por resolver no concelho de Fronteira”, também no distrito de Portalegre, nomeadamente um deslizamento da plataforma rodoviária na EN243 e a derrocada de uma ponte na EN245.

“Esta última situação implica o lançamento de uma empreitada muito significativa com um plano de trabalhos que se encontra em preparação e no qual a IP considera necessário o envolvimento do município”, acrescentou.

SM // ROC
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Portalegre: Obras no Hospital mudam acessos à unidade de saúde

A circulação de viaturas e o circuito de acesso ao Hospital Doutor José Maria Grande, em P…