Um homem com cerca de 40 anos ficou hoje ferido com gravidade devido a electrocussão num acidente de trabalho na Base Aérea de Beja, disseram fontes da Proteção Civil e da Força Aérea Portuguesa (FAP).
Fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Baixo Alentejo indicou à agência Lusa que o alerta foi dado às 11:21, tendo o homem, que sofreu “queimaduras por electrocussão”, sido transportado para o hospital de Beja.
A fonte da FAP disse à Lusa que se tratou de um acidente de trabalho, com “um trabalhador de uma empresa que estava a executar uma empreitada” para a Base Aérea Nº11, em Beja.
A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) foi contactada para averiguar as circunstâncias em que ocorreu o sinistro, adiantou a fonte da Força Aérea.
Foram mobilizados para o local os bombeiros de Beja, com cinco operacionais, apoiados por duas viaturas, e a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Beja, segundo o comando sub-regional.
No apoio às operações de socorro estiveram também meios do sistema primário de alerta daquela unidade, nomeadamente elementos do centro de saúde e dos bombeiros, adiantou a fonte da FAP.

TCA/HYT // VAM
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Portalegre: Obras no Hospital mudam acessos à unidade de saúde

A circulação de viaturas e o circuito de acesso ao Hospital Doutor José Maria Grande, em P…