Mesmo a descarregar o equivalente a uma piscina média por segundo a Barragem do Caia, que iniciou descargas de superfície no dia 10 de Janeiro, perdeu apenas 0,6% da sua capacidade de armazenamento.

A albufeira, segundo os dados divulgados pela Associação de Beneficiários do Caia, apresentava esta sexta-feira uma quota de armazenamento de 97,62’% face ao nível aconselhado para descargas.

A represa apresentava uma cota de 232,54 metros e um volume de 185.481,600 milhões de metros cúbicos de água.

No dia 10 de Janeiro de 2023, data em que se iniciou as descargas nove anos depois da última operação registada em 13 de Fevereiro de 2014, a represa armazenava 186.626,000 milhões de metros cúbicos de água (98,22%) e uma cota de 232,60 metros.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: Câmara abre concurso para 15 assistentes operacionais

A Câmara Municipal de Elvas deliberou, na reunião do executivo municipal, na passada quart…