Nove homens foram identificados pela GNR e constituídos arguidos por suspeitas do furto de mais de duas toneladas de azeitona, no concelho de Moura, distrito de Beja, anunciou hoje a força de segurança.
Em comunicado, o Comando Territorial de Beja da GNR indicou que os suspeitos, com idades entre 26 e 51 anos, foram identificados por militares do Posto Territorial de Moura, na segunda-feira, durante uma ação de fiscalização rodoviária.
Segundo a GNR, os militares da guarda abordaram três veículos onde seguiam os suspeitos e no decorrer das diligências policiais apuraram que as viaturas transportavam uma “grande quantidade de azeitona”.
“Uma vez que os suspeitos não dispunham de quaisquer documentos que justificassem a proveniência da azeitona ou autorização do respetivo proprietário para a sua apanha, foram apreendidas as viaturas e um total de 2.466 quilos” deste fruto, adiantou.
Os nove suspeitos foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Moura.
No comunicado, a GNR lembrou que, no âmbito da operação “Campo Seguro 2022”, está a levar a cabo ações de patrulhamento, sensibilização e fiscalização para evitar crimes de furto junto de propriedades ou explorações agrícolas e reforçar o policiamento para dissuadir a prática de furtos.

Foto: Arquivo LE

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Igreja do Espírito Santo em Évora reabre após requalificação de 2,5ME

A Igreja do Espírito Santo, em Évora, construída pelos jesuítas no século XVI, reabre ao p…