A Federação de Portalegre da Juventude Socialista (JS) participou, de 16 a 18 de Dezembro, no XXIII Congresso Nacional que se realizou em Braga. A delegação do Alto Alentejo foi constituída por 32 jovens socialistas, entre os quais sete delegados inerentes, 14 delegados eleitos e onze redactores de moções de resolução política.

Este congresso foi marcado pela reeleição de Miguel Costa Matos como secretário-geral da JS para o biénio 2022/2024 e pelo reforço histórico da representação nacional da Federação de Portalegre, através da eleição do maior número de sempre de comissários nacionais: Diogo Aragonez (Portalegre), João Aires Silva (Ponte de Sor), Sofia Tello Barradas (Elvas), Carolina Filipe (Gavião), Carlos Felício (Nisa), Mário Ceia (Portalegre) e Lúcia Oliveira (Portalegre). Foram também eleitos como representantes da JS na Comissão Política Nacional do PS os jovens socialistas Alex Silva (Ponte de Sor) e Xavier Gonçalves (Campo Maior).

Por proposta da Federação de Portalegre foram eleitos militantes honorários da Juventude Socialista a nível nacional o anterior presidente da Mesa da Comissão Política Federativa (CPF) da JS e ex-presidente da JS Castelo de Vide, João Diogo Carlos; o anterior secretário concelhio da JS Portalegre, Tiago Lopes, e a actual presidente de Mesa da CPF da JS, Ana Sofia Rosa (Elvas).

Segundo o presidente da Federação de Portalegre, João Pedro Meira, “conseguimos levar a Braga uma representação histórica do Alto Alentejo, cumprindo os objectivos de reforço da nossa representatividade nos órgãos nacionais e de afirmação dos quadros políticos desta estrutura”.

Reiterou que “só foi possível alcançar estes resultados porque temos uma estrutura distrital com mais de 800 militantes mobilizados, unidos por causas comuns e que trabalham todos os dias por Afirmar o Alto Alentejo dentro e fora do nosso distrito”.

Durante o mês de Janeiro de 2023 serão ainda eleitos o Secretariado Nacional, a Mesa da Comissão Nacional e os representantes da JS na Comissão Política Nacional do PS, órgãos nos quais João Pedro Meira acredita “ser possível ao Alto Alentejo ver a sua representação nacional reforçada de forma expressiva”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Portalegre: Obras no Hospital mudam acessos à unidade de saúde

A circulação de viaturas e o circuito de acesso ao Hospital Doutor José Maria Grande, em P…