A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população, nesta sexta-feira, para alertar para o regresso do mau tempo nos próximos dias.

“De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se para os próximos dias um agravamento das condições meteorológicas, com chuva persistente, vento e agitação marítima”, refere em comunicado.

Entre os alertas estão períodos de chuva, em especial no Norte e Centro, sendo persistente e por vezes forte no Minho e Douro Litoral, ente o final da tarde deste sábado, 24, e o final da tarde de domingo, 25. Já na região Centro, a chuva é esperada para o meio da manhã e a tarde do dia 25 de Dezembro.

O vento vai predominar do quadrante sul mais intenso a partir da tarde de sábado no litoral oeste e nas terras altas da região Sul (<40 Km/h), soprando até 50 Km/h e com rajadas da ordem dos 80 Km/h nas terras altas do Norte e Centro.

Quanto à agitação marítima, a ondulação será de sudoeste até quatro metros na costa ocidental a norte do cabo Mondego, na madrugada do dia 25.

Entre os efeitos expectáveis devido às condições meteorológicas previstas, a Protecção Civil alerta para a possibilidade de inundações em zonas urbanas, causadas por acumulação de águas pluviais por obstrução dos sistemas de escoamento; ocorrência de cheias, potenciadas pelo transbordo do leito de alguns cursos de água, rios e ribeiras; instabilidade de vertentes, conduzindo a movimentos de massa (deslizamentos, derrocadas e outros) motivados pela infiltração da água.

É também esperado o arrastamento para as vias rodoviárias de objectos soltos, ou ao desprendimento de estruturas móveis ou deficientemente fixadas, por efeito de episódios de vento forte, que podem causar acidentes com veículos em circulação ou transeuntes na via pública assim como piso rodoviário escorregadio e formação de lençóis de água.

Como medidas preventivas, a ANEPC recorda que “o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adopção de comportamentos adequados”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Igreja do Espírito Santo em Évora reabre após requalificação de 2,5ME

A Igreja do Espírito Santo, em Évora, construída pelos jesuítas no século XVI, reabre ao p…