O alcaide de Badajoz, Ignacio Gragera, demitiu sexta-feira, 28 de Outubro, o seu assessor de imprensa, Javier Gragera, depois de uma associação juvenil revelar que o jornalista usou um perfil falso no Twitter para atacar vereadores da oposição, órgãos de comunicação social, jornalistas e associações.

Em comunicado, citado pelo diário espanhol HOY, o Ayuntamiento de Badajoz sublinha a “perda de confiança” no assessor do presidente, o qual não possui relação de parentesco apesar da semelhança do apelido e revelou que “ninguém” na autarquia “tinha conhecimento dessas acções”.

A demissão do jornalista teve origem numa denúncia da associação ‘Acho’ sobre o mau estado das redes de voleibol no parque junto ao Rio Guadiana. O porta-voz da colectividade, Hernán Álvares, estranhou um post no Twitter de Laura Carrasco. O dirigente associativo verificou os twetts da conta e alertou que criticava o PP, o PSOE, funcionários municipais, comunicação social, mas sempre elogiava o papel do partido Ciudadanos no município.

Mais tarde viria a confirmar-se que a conta do perfil Laura Carrasco estava vinculada ao número de telemóvel de Javier Gragera.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Imaculada Conceição com missa no Paiol

A celebração da solenidade litúrgica da Imaculada Conceição realiza-se quinta-feira, 8 de …