A sexta edição da cimeira aeronáutica Portugal Air Summir, que vai decorrer em Ponte de Sor entre os dias 12 e 15 de Outubro, terá um “enfoque especial” nas oportunidades de investimento disponíveis no sector, anunciou a organização.
Com o tema “Flying for a World of Opportunities”, a Portugal Air Summit, cujo programa foi apresentado segunda-feira, dia 3 de Outubro, em Lisboa, e é considerada a “maior cimeira aeronáutica” da Península Ibérica, vai reunir “intervenientes internacionais e nacionais da indústria dos sectores de aeronáutica, espacial e defesa, que actualmente regista um volume de negócios de 1,7 mil milhões de euros, dos quais 87% dizem respeito a exportações para vários mercados internacionais, e conta com mais de 18.500 profissionais em Portugal”, segundo a organização.
Esta 6.ª edição, uma iniciativa da Câmara de Ponte de Sor e da The Race, com o apoio de instituições e empresas, vai dar “um enfoque especial” às “oportunidades de investimento disponíveis [no sector] para uma retoma que se espera singular até 2030” e conta com novidades como um desfile de moda e a aterragem de um Airbus 320 da SATA Airlines.
“Queremos cada vez mais envolver parceiros que tragam para Portugal o apetite, o interesse para que as empresas portuguesas possam elas envolver-se em projectos internacionais. Temos a zona de negócios para que as empresas tenham hipóteses de internacionalização”, contou o CEO da The Race, Nuno Molarinho.
Esta edição inclui um programa com 70 painéis de conferências, com cerca de 200 oradores, 20% dos quais estrangeiros e cerca de 30% são presidentes ou vice-presidentes de grandes empresas internacionais.
Durante os três dias vão ser abordados temas sobre aeronáutica, aeroespacial, defesa e aviação não tripulada e pela primeira vez, segundo a organização, o evento vai contar com uma formação da IATA com cerca de 150 elementos de todo o mundo.
“Vamos ter projectos que serão apresentados e serão novidade. No dia 15, no sábado, temos o evento mais lúdico, o ‘air show’, mas este ano temos novidades. Vamos ter um Airbus 320 da SATA Airlines que vai aterrar pela primeira vez no Alto Alentejo e que vai estar durante dois dias para que possa ser visitado e para mostrar a capacidade do aeródromo em receber este tipo de aeronave”, disse o CEO da The Race.
Esta edição vai receber igualmente, segundo Nuno Molarinho, um avião inglês, um SpitFire, que já esteve em Portugal.
“Este ano, e a propósito das companhias áreas, fomos repescar o que acontecia nos anos 60, que era basicamente uma competição entre companhias aéreas, tinha a ver com um desfile de moda com as fardas das companhias. No sábado à noite vamos ter um desfile com 10 companhias. Vai-nos trazer o ‘glamour’ das companhias aéreas”, destacou.
Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Hugo Hilário, realçou a importância da cimeira, o seu reconhecimento a nível nacional e internacional, a sua missão de atrair investimento e as dificuldades de organização para um município como o de Ponte de Sor.
“Atrair investimento é a principal missão. Há muito que a cimeira passou as fronteiras do município de Ponte de Sor e a região do Alentejo”, disse.

DD // JNM
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Campo Maior: Banda 1.º de Dezembro assinalou aniversário com concerto especial

A Banda 1.º de Dezembro celebrou o seu 86.º aniversário e assinalou a data com um concerto…