O jornal Linhas de Elvas, o mais antigo do distrito de Portalegre, celebra hoje 72 anos de existência, um dia depois de ter publicado a edição impressa número 3.685.

O semanário regional nasceu em 1950, por iniciativa de Ernesto Alves e Almeida e mais alguns elementos fundadores. O primeiro director do periódico foi Casimiro Abreu.

Nos 72 anos de publicação ininterrupta, o jornal acompanhou a revolução digital, criando, em 2000, o primeiro site de uma publicação jornalística no distrito, abrindo também espaço a assinaturas digitais.

Na década seguinte, em 2011, iniciou-se a presença nas redes sociais, onde o jornal se mantém presente com notícias diárias através de texto, fotografia, som e vídeo, alguns deles captados em directo sempre que assim se justifica.

Se há mais de 20 anos é possível assinar a edição impressa em formato digital, semelhante à versão publicada todas as quintas-feiras, desde o ano passado que o Linhas de Elvas apresenta também a possibilidade de compra de notícias pagas avulso, abrindo outra opção aos leitores que, assim, podem, através de um carregamento mínimo, subscrever as notícias exclusivas que suscitam maior interesse.

A sustentabilidade jornalística assenta em valores como a confiança e a relação próxima com o leitor e com os anunciantes. Agradecemos o apoio que sempre sentimos para mantermos intacta a qualidade da nossa informação livre e independente. Obrigado.

ARQUIVO | Exemplar do Semanário Linhas de Elvas à venda, em 2003, num quiosque situado na Praça da República, em Elvas
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Viseu e Elvas assinam protocolo de geminação e criam comissão para ‘alimentar’ cooperação

Os municípios de Elvas e de Viseu assinaram, esta segunda-feira, pelas 17 horas, no Salão …