Investimento de 3 milhões de euros vai criar novo pavilhão gimnodesportivo, bloco de salas de ensino pré-escolar e arranjos exteriores

O município de Alandroal anunciou o arranque da obra de conclusão da Escola Básica Diogo Lopes de Sequeira, na sede de concelho, pondo fim a um processo que se arrastava desde 2009, altura em que uma intervenção ainda da iniciativa do Estado Central ficou a meio.
O auto de consignação, que marca o arranque formal da obra foi assinado no passado dia 30 de agosto, entre o município e a empresa vencedora do concurso público, António Saraiva & Filhos, Lda., na presença do presidente da CCDR Alentejo, António Ceia da Silva, que realizou nesse dia uma visita ao concelho para acompanhamento da evolução de projetos cofinanciados e contacto com novas propostas para o Alentejo 2030.
A intervenção consiste na construção de raiz de um pavilhão gimnodesportivo com capacidade para servir a escola e a população do concelho, um novo bloco de duas salas para o ensino pré-escolar, zonas de estacionamento interior e todos os arranjos exteriores associados à conclusão da obra.
O investimento total é de 3.035.850,30 euros, correspondendo 2.218.860,04 euros a fundos comunitários do Alentejo 2020, 137.370,00 euros do Ministério da Educação e 679.620,26 euros de fundos próprios da autarquia.
Na ocasião o presidente João Grilo mostrou-se particularmente satisfeito por encerrar um processo que “conclui a reconversão total dos equipamentos escolares do concelho, vai melhorar significativamente a qualidade do ensino, uma vez que os alunos desta escola estão privados há mais de uma década do uso do pavilhão e o ensino pré-escolar funciona em instalações provisórias, e também porque a população do concelho passará a ter acesso à prática de várias modalidades desportivas de interior, que hoje lhe estão vedadas”. “Foi um dos (muitos) grandes problemas que herdei quando tomei posse pela primeira vez como presidente em 2009. São 12 anos (com 4 de interrupção) a bater-me por chegar a este dia e, em nome da população, só posso estar grato a todos os que contribuíram de forma ativa para este desfecho”, declarou ainda.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Crise/Inflação: Cáritas alerta que cabazes alimentares são “insuficientes” em Portalegre

A Cáritas Diocesana de Portalegre - Castelo Branco alertou que o número de cabazes aliment…