Jessie J, Dino D’Santiago, Gabriel O Pensador, Miguel Araújo e convidados, St. Lundi, Amor Electro ou The Jesus and Mary Chain são alguns dos artistas do Festival do Crato deste ano, que arranca na terça-feira.

Promovido pela Câmara de Crato, o festival decorre até sábado, no centro da vila, e em paralelo com a 36.ª Feira de Artesanato e Gastronomia, após dois anos de sucessivos adiamentos devido à pandemia de Covid-19.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara, Joaquim Diogo, lembrou as dificuldades sofridas por todo o sector cultural e musical nestes dois anos, apesar das “iniciativas que os municípios foram fazendo para apoiar os artistas, principalmente os portugueses”.

“Mas, agora, este regresso está a ser vivido com muita intensidade, é quase como se estivéssemos a fazer o primeiro Festival do Crato. É um sentimento muito próprio de saudade desta azáfama, destes dias que vivemos e de muita expectativa pelo que vamos oferecer este ano”, acrescentou.

O cartaz é “eclético e dirigido a todas as gerações”, referiu a organização, em comunicado, garantia complementada pelo autarca: “É para festivaleiros dos 8 aos 80”.

Na terça-feira vão subir ao palco principal Maninho, Nenny e Paula Fernandes, enquanto no dia seguinte é a vez de actuarem Dino D’Santiago, Dillaz e Gabriel O Pensador, que está este ano a comemorar 25 anos de carreira e vai ter Carlão como convidado especial.

Para quinta-feira as propostas são os The Happy Mess, Barbara Tinoco, que vai subir ao palco acompanhada das suas convidadas Carolina de Deus e Nena, e ainda Miguel Araújo, num concerto “preparado especialmente” para o Festival do Crato e no qual conta com três convidados: os músicos António Zambujo e Ana Bacalhau e o actor César Mourão.

Os britânicos St. Lundi e Jessie J, que regressa a Portugal cerca de um mês e meio após a sua actuação no festival Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, assim como Matias Damásio são os artistas que vão dominar o palco na sexta-feira.

O último dia de concertos, no sábado, está reservado para Chico da Tina, Amor Electro e The Jesus and Mary Chain.

Além dos espectáculos no palco principal, o público vai poder desfrutar dos ‘Before-Hours’, das 20 às 22 horas, uma das novidades desta edição, com o DJ Luís Sousa, e dos ‘After-Hours’, com a actuação de DJ, durante a madrugada, com destaque para a dupla israelita Vini Vici.

Paralelamente aos espectáculos no recinto do Festival do Crato, a Feira de Artesanato e Gastronomia inclui um outro palco, com concertos diários de “raiz tradicional, infantil e cultural”.

“Este ano, contamos com cerca de 50 stands de artesanato, com cerca de 30 artesãos a trabalhar ao vivo, e mais de 30 tasquinhas e ainda um restaurante”, indicou o presidente da Câmara.

A organização espera, até sábado, “cerca de 125 mil a 150 mil visitantes”, no conjunto do festival, com entradas pagas, e da feira, com entradas gratuitas, acrescentou Joaquim Diogo.

O festival disponibiliza ainda uma zona de acampamento, a cerca de 400 metros do recinto.

RRL (HYT) // TDI
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Igreja do Espírito Santo em Évora reabre após requalificação de 2,5ME

A Igreja do Espírito Santo, em Évora, construída pelos jesuítas no século XVI, reabre ao p…