O presidente da autarquia, João Grilo, assinou hoje com a empresa a que a obra foi adjudicada o auto de consignação que marca o arranque dos trabalhos.
Trata-se de uma intervenção de remodelação e ampliação de um edifício no interior do castelo de Alandroal, bem como dos arranjos exteriores e jardim associados ao imóvel, com a finalidade de criar um núcleo museológico dedicado à história e arqueologia do concelho com espaço ajardinado exterior e cafetaria.
O investimento total é de 612.109,28 euros, sendo 307.489,45 euros de financiamento comunitário do Alentejo 2020. O prazo de execução é de um ano.
Este investimento insere-se na prioridade definida em 2017 pelo atual executivo para a reabilitação e valorização do património construído do concelho como âncora para a dinamização económica e atração de investimento privado, com destaque para os três castelos de Alandroal, Juromenha e Terena, elementos centrais e marcantes dos três núcleos históricos das três vilas do concelho.


O município tem em curso um investimento superior a 5 milhões de euros no restauro e conservação das muralhas da Fortaleza de Juromenha, que abrirá caminho a um investimento REVIVE no interior, e está a preparar projetos para intervenções no castelo e centro histórico da vila de Terena.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Évora: Tenente-coronel Paulo Poiares comanda Comando Territorial da GNR

O tenente-coronel Paulo Poiares tomou posse dia 30 de Setembro como comandante do Comando …