A dupla que deixou um rasto de dezenas crimes, incluindo três homicídios e assaltos à mão armada a várias bombas de gasolina, Nélida Guerreiro e Sidney Martins, foi detida ontem, sábado, 13 de agosto num McDonald’s em Zamora, Espanha.
Conforme o Linhas anunciara, o casal está envolvido em homicídios e assaltos armados a bombas de gasolina no Algarve e em Espanha, inclusivé na Extremadura.
A notícia foi avançada pelo diário Hoy, de Badajoz. Nélida Guerreiro, 40 anos, natural de São Brás de Alportel, em Faro, e Sidney Martins, 42 anos, natural da Venezuela, terão sido identificados por outro cliente do restaurante da cadeia fast food, que terá ligado para a Guardia Civil — que a 10 de agosto lançou um alerta nas redes sociais para localizar a dupla, descrevendo-a como perigosa. Foram detidos pela Polícia Nacional de Espanha.
O casal, que estava em fuga há quase três semanas e conduzia carros roubados, é suspeito de estar envolvido no homicídio de três pessoas, da mesma família, encontradas já cadáveres, em Donai, Bragança, em julho. Nélida e Sidney foram ainda constituídos arguidos noutro homicídio, no Algarve, mas foram absolvidos.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por João Alves e Almeida
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Romeiros: A tradição ainda é o que era

Romeiros: A tradição ainda é o que era …