A Guardia Civil, em Espanha, lançou um apelo junto dos cidadãos para obter pistas que conduzam ao paradeiro de dois assaltantes, de nacionalidade portuguesa, que roubaram em estações de serviço nas províncias de Toledo, Badajoz e Sevilha.

O homem de 42 anos e a mulher de 40 são considerados “perigosos” e podem estar “armados”, revelam as autoridades espanholas depois das forças de segurança portuguesas terem confirmado que estes dois indivíduos podem ser os mesmos que cometeram crimes semelhantes em território português.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Évora: Tenente-coronel Paulo Poiares comanda Comando Territorial da GNR

O tenente-coronel Paulo Poiares tomou posse dia 30 de Setembro como comandante do Comando …