O Tribunal Judicial de Évora decretou a prisão preventiva do homem, de 34 anos, que agrediu ontem o irmão, de 46 anos, com uma faca de cozinha, naquela cidade alentejana, disse fonte policial.
Segundo a fonte da PSP, o agressor foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Évora, que lhe decretou a medida de coação mais gravosa.
O homem foi conduzido para o Estabelecimento Prisional de Beja, onde vai aguardar o desenrolar do processo, de acordo com a mesma fonte.
O Comando Distrital de Évora da PSP explicou, em comunicado, que a detenção ocorreu pelas 07:00, após as autoridades terem sido alertadas, por um residente, para uma desavença familiar numa residência.
“Já no local, quando procediam à resolução do conflito, um dos indivíduos intervenientes, de 34 anos, num ato repentino agarrou numa faca de cozinha que estava em cima de uma mesa e agrediu outro familiar, seu irmão, de 46 anos, tendo-lhe provocado uma perfuração no abdómen”, pode ler-se no comunicado.
A PSP indicou ainda que a vítima foi de imediato transportada em estado grave para o Hospital do Espírito Santo de Évora, onde deu entrada no bloco operatório, para ser submetida a intervenção cirúrgica.
O Comando Distrital de Évora da PSP acrescentou também que a ocorrência foi comunicada ao procurador da República, assim como à Polícia Judiciária.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Estremoz: município destaca momentos da cidade captados em fotografia

Estremoz: município destaca momentos da cidade captados em fotografia …