A PSP intensificou, desde as 00:00 horas do dia 11 de Julho, o patrulhamento e a fiscalização das áreas florestais existentes na sua área de jurisdição, nas cidades de Elvas e Portalegre.

Estas acções de vigilância continuarão até às 23:59h de 15 de Julho, sendo efectuadas através de patrulhas móveis em viaturas policiais caracterizadas e também com recurso a meios aéreos, mais concretamente através de veículos aéreos não tripulados, vulgo drones.

A força de segurança vai estar atenta ao cumprimento das seguintes medidas:

– Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos planos municipais de defesa da floresta contra incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem, com as excepções previstas no n.º 2 do artigo 68.º do Decreto-Lei n.º 82/2021, de 13 de Outubro, na sua redacção actual, nomeadamente o acesso, a circulação e a permanência de residentes permanentes ou temporários e de pessoas que ali exerçam actividade profissional;

– Proibição da realização de queimadas e de queimas de sobrantes de exploração;

– Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com excepção dos associados a situações de combate a incêndios rurais;

– Proibição de realização de trabalhos nos demais espaços rurais com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal;

– Proibição da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas.

Para além destas acções, o Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública fez ainda saber que se encontra em elevado grau de prontidão e resposta operacional e que o seu efectivo foi já notificado de que poderá ver as suas licenças, folgas e outros períodos de descanso suspensos, caso se venha a verificar tal necessidade.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: Dois focos de incêndio em menos de meia hora

Um incêndio deflagrou na tarde de quinta-feira, dia 4 de Agosto, num terreno situado entre…