As urgências de Obstetrícia do hospital de Portalegre vão estar encerradas entre as 5 horas de quarta-feira e as 8h de sexta-feira, disse hoje à agência Lusa fonte da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA).
“Não haverá urgência de obstetrícia dado que dispomos apenas de um obstetra no serviço de urgência”, nesse período, indicou o porta-voz da ULSNA, Ilídio Pinto Cardoso.
Apesar do fecho das urgências, o serviço de Obstetrícia “vai estar a funcionar” porque vai estar um obstetra de serviço, acrescentou o mesmo responsável.
Ilídio Pinto Cardoso explicou ainda que as grávidas que se dirijam aos hospitais de Portalegre e Elvas, bem como ao Serviço de Urgência Básico (SUB) de Ponte de Sor, deverão ser encaminhadas para o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) ou para a unidade hospitalar mais próxima.
Entre as 05:00 de quarta-feira e as 08:00 de sexta-feira, “não haverá mais nenhum” serviço das unidades hospitalares da ULSNA afetado por falta de profissionais, afiançou o porta-voz.
Contactada hoje pela Lusa, fonte da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo indicou que, atualmente, “não se preveem constrangimentos na resposta dos serviços de urgência de obstetrícia nos hospitais da região” durante os próximos fins de semana. estando, “em princípio, asseguradas as respetivas escalas”.
Confrontada pela Lusa sobre o fecho das urgências de Obstetrícia no hospital de Portalegre, a mesma fonte disse não ter conhecimento dessa informação.

HYT/SM // RRL
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Estremoz: “Mercado do Lago” no sábado

A 11.ª edição da iniciativa “Mercado do Lago”, em Estremoz, dedicada ao artesanato urbano,…