Um incêndio destruiu hoje um armazém e maquinaria agrícola numa herdade no concelho de Évora, de uma empresa produtora de azeite, mas o sinistro já está em rescaldo, revelaram os bombeiros e a Proteção Civil.
O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora explicou à agência Lusa que o alerta para o fogo, no armazém de uma herdade situada na freguesia de Nossa Senhora de Machede, foi dado às 14:35.
As chamas, que “destruíram o armazém agrícola e diversa maquinaria”, estão em rescaldo desde as 15:52, acrescentou a mesma fonte.
Contactado pela Lusa, o comandante da corporação de Bombeiros Voluntários de Évora, Rogério Santos, acrescentou que o incêndio “consumiu tratores, pulverizadores, veículos moto-quatro e material de oficina”, que se encontravam no interior do armazém, que “foi todo destruído”..
A herdade, que possui um olival e é pertencente a uma empresa produtora de azeite, situa-se à saída de Nossa Senhora de Machede para a localidade de Santa Susana.
Para o local, foram mobilizados 20 operacionais, apoiados por sete veículos, incluindo meios dos bombeiros e da GNR.

RRL // SF
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Combate à corrupção em Portugal “deve melhorar” – Ministra da Justiça

A ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro, alertou hoje que Portugal deve melhorar…