O vereador eleito pelo PS para a Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, apresentou hoje a sua renúncia ao mandato alegando “razões de ordem profissional, pessoal e política”.

“É minha obrigação, respeitar a vontade da maioria dos Elvenses que, com o seu voto, quiseram alterar o rumo de Elvas”, justificou, endereçando ao actual executivo “o desejo de melhores sucessos. Ao meu partido em Elvas, desejo união e respeito pelos valores do Partido Socialista, na defesa intransigente da democracia”.

Em comunicado enviado à redacção do jornal Linhas de Elvas, Nuno Mocinha explicou que ao fim de mais de 20 anos de actividade autárquica “só me resta agradecer, a todos os que comigo trabalharam e a todos os que em mim confiaram, pessoal e institucionalmente, em especial a todos os Elvenses. São os momentos felizes e a enorme honra de estar ao serviço de Elvas, que eu quero recordar”.

“É a obra feita, os sorrisos, o carinho e o abraço amigo, que eu nunca vou esquecer, que me faz dizer: “Valeu a pena”. A todos deixo, o meu, muito obrigado“, concluiu.

Nuno Mocinha foi o candidato escolhido pelo PS para concorrer às eleições autárquicas de 2021 no município de Elvas, tendo alcançado 31,20% dos votos.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Vila Boim: Isabel Figueira apresentou livro que junta poesia, doces e licores

A poesia e a doçaria são duas paixões de Maria Isabel Figueira. Natural de São Romão e a r…