O Museu de Arqueologia e Etnografia de Elvas (MAEE) António Tomás Pires abriu as portas na noite de sábado para uma visita especial, incluída nas comemorações do Dia Mundial dos Museus, celebrado na última quarta-feira, 18 de maio.

As três dezenas de participantes na visita guiada tiveram oportunidade de tomar contacto com o espólio do MAEE, que junta as peças originais de diferentes áreas e épocas às mais modernas tecnologias multimedia.

Além da equipa do museu, o percurso contou com a colaboração do Rodrigo, um jovem actor da associação Arkus que vestiu a pele de António Tomás Pires; e de Joaquim Fachadas, que trabalhou como encarregado na padaria da antiga Manutenção Militar, nas instalações hoje ocupadas pelo Museu de Arqueologia e Etnografia de Elvas.

A visita, sob o mote “À Noite no Museu”, seguiu-se a uma outra realizada sexta-feira no Museu de Arte Contemporânea de Elvas, onde está patente a exposição temporária “Caminhos Cruzados na Coleção António Cachola”, com obras de José Pedro Croft.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Reportagem: Uma vida com mais espaço e menos stress. Nómadas digitais escolhem região para trabalhar à distância

Hanna, Ina, Steven, Mandy e Peter são cidadãos estrangeiros qualificados que dão corpo à m…