A Adega Mayor recebeu a certificação de produção sustentável pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), desenvolvido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, que vem reforçar a consistência do trabalho desenvolvido pela empresa ao longo dos últimos anos e o seu compromisso com as gerações presentes e futuras.

O PSVA avalia diversos factores de desempenho, como a aposta na economia circular, a regeneração da biodiversidade, a redução de encargos financeiros, o desenvolvimento sócio-económico da região, entre outros parâmetros, da produção de uva à produção de vinho.

“É com grande satisfação que recebemos este selo do PSVA, que reforça o nosso compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentável da Adega Mayor. Um passo importante no caminho interminável da sustentabilidade. Importa dizer que ser sustentável é mais do que apenas poupar recursos naturais. É olhar para uma marca como elemento transformador da comunidade onde se insere – dos solos que cultiva, aos recursos que utiliza, passando pelo apoio das famílias que a trabalham, à visão de negócio que tem de ser cada vez mais ágil e eficiente. Só assim se trabalha o futuro, pela mão do que cultivamos hoje”, sublinhou Rita Nabeiro, CEO da Adega Mayor.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Sete anos depois, reabre praça de touros de Santa Eulália

A praça de touros de Santa Eulália reabriu hoje, depois de sete anos encerrada e após obra…