A 7.ª edição do ArtJazz Festival de Elvas vai decorrer entre os dias 29 deste mês e 01 de Maio.
O certame, no Cineteatro de Elvas, tem como objetivo reunir o “melhor jazz” feito em Portugal e Espanha, anunciou o município. A produção e direcção da iniciativa cabe a Jorge Goes.
Os concertos anunciados são de Gene Garcia, de Badajoz (Espanha), Manouchka & Jorge Goes e o quinteto Acid Jazz Project, de José Cid.

29 Abril
Gene Garcia, natural de Badajoz (Espanha), conta com um curriculum invejável de 30 anos de carreira. Faz parte de vários projetos e vem apresentar temas do seu primeiro disco a solo “Genesis”, temas com uma fusão entre o Soul & Jazz.
Gene Garcia, na voz e na harmónica, será acompanhado em palco por três músicos fantásticos: no piano o jovem promissor Kaele, de origem espanhola, e dois portugueses, Joel Silva na bateria e Cicero Lee no contrabaixo, tudo músicos de primeiríssima linha que se juntam ao talento de Gene Garcia. Temos aqui os condimentos necessários para que o concerto de abertura do ArtJazz Festival seja inesquecível.

30 Abril
Manouchka é a banda mais prestigiada a tocar a música de Django Reinhardt (Gipsy Jazz / Jazz Manouche) em Portugal e a única com reconhecimento internacional, atuando em vários festivais de Gipsy Jazz por todo o mundo.
Organizaram e inauguraram a 1ª edição do Festival Django Portugal em Junho 2021 e apresentam no 7º ArtJazz Festival de Elvas o seu repertório de Django Reinhardt. Apresentam-se em trio, com Nuno Marinho na guitarra, Marian Yanchyk no violino, e Lucca Chiapara no contrabaixo. O grupo convida o diretor do evento Jorge Goes para cantar com eles cinco temas do seu repertório pessoal, dos quais três temas completamente originais e em estreia. Temos assim como novidade e pela primeira vez um grupo de Jazz Manouche no ArtJazz Festival de Elvas.

1 Maio
José Cid, amigo pessoal de Jorge Goes e produtor no seu primeiro disco de 2001, apresenta-se em Elvas em quinteto com o seu projeto “ACID JAZZ PROJECT”. O lado jazzístico surpreendente de José Cid, acompanhado por um quarteto de músicos galácticos, traz um concerto que se projeta sobre a música popular portuguesa, Fado, temas do próprio José Cid e homenagens a Amália, Zeca Afonso, Tom Jobim e John Lee Hooker.
José Cid dispensa de apresentações. Reconhecido nacional e internacionalmente, completou este ano 80 anos e mais de 60 anos de carreira com grandes sucessos na música portuguesa. Músico eclético, camaleónico e com um álbum de rock progressivo/sinfónico de 1978 entre os 100 melhores álbuns de música do mundo, são características que muito bem o definem.

Bilhetes à venda no Posto de Turismo, em Ticketline.pt ou na bilheteira do Cine-Teatro uma hora antes do concerto.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Agenda

Veja também

Forte de Santa Luzia recebeu visita teatralizada

O Forte de Santa Luzia recebeu na manhã deste sábado, 13 de agosto, uma visita teatralizad…