Alexandra Serrano Rosa, uma militar de 52 anos morreu esta quinta-feira pelas 12h20, durante um salto de paraquedas no campo de saltos do Arrepiado, no concelho da Chamusca (Santarém), disse à Lusa fonte da proteção civil.

Natural de Elvas, a militar residia no Entroncamento. Durante a execução do salto, o sistema de paraquedas não funcionou, tendo resultado na queda da militar, de acordo com comunicado do Exército de Portugal.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, o alerta para trauma (queda) foi dado às 11h51, tendo-se verificado, na chegada ao local, que a vítima já não tinha sinais de vida, apesar de estarem a ser desenvolvidos esforços de reanimação por enfermeiros militares.

“O Exército  lamenta o falecimento da sua Militar, tendo apresentado as mais sentidas condolências à família e acionado o apoio psicológico”, pode ler-se no comunicado do Exército de Portugal. 

No local estiveram elementos da corporação de bombeiros da Chamusca, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Centro Hospitalar do Médio Tejo e a GNR.

Foto: Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Castelo de Vide atribui medalha de ouro municipal a título póstumo a Salgueiro Maia

A Câmara de Castelo de Vide vai atribuir na sexta-feira a medalha de ouro do município, a …