Um homem, de 66 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de abusos sexuais a uma familiar, uma mulher, de 20 anos, com “incapacidade cognitiva”, no concelho de Borba.
Em comunicado, a PJ explicou que o suspeito foi detido, fora de flagrante delito, por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal (ULIC) de Évora.
Contactada pela Lusa, fonte da PJ revelou que o homem, que “é tio-avô da vítima”, está esta tarde a ser presente a primeiro interrogatório judicial, em Évora.
O homem é suspeito de crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência agravado, tendo sido detido pela Polícia Judiciária aquando do cumprimento de mandados de busca domiciliária e de detenção, emitidos pela autoridade judiciária competente.
Segundo o comunicado policial, o arguido aproveitou-se “da proximidade familiar e da facilidade de acesso à residência da vítima”, que tem “elevada e visível incapacidade cognitiva”, e “terá praticado com esta diversos actos sexuais de relevo”.

RRL // VAM
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Festival do Crato regressa de 23 a 27 de Agosto

Os artistas Matias Damásio e Chico da Tina foram os últimos nomes confirmados para o Festi…