A União dos Sindicatos do Norte Alentejano (USNA) realizou sexta-feira, dia 1 de Abril, uma tribuna pública junto à Escola Secundária de Ponte de Sor, onde abordou o processo de municipalização da educação.

Segundo a USNA, na acção “denunciou-se que, na verdade, muitas das competências na área da educação passam das escolas para as autarquias e comunidades intermunicipais quando, tendo em conta os problemas que existem, como a falta de condições materiais e humanas, em muitas escolas, esse é o caminho inverso ao que devia ser feito”.

Ainda de acordo com a União dos Sindicatos, “também os problemas que se sentem noutras áreas da nossa vida colectiva, sendo o acesso aos cuidados de saúde primários o caso mais urgente, não serão certamente resolvidos com este processo de descentralização, que se inicia com mais incertezas do que orientações claras e, como alguns municípios têm vindo a destacar, num momento em que o País ainda não tem orçamento aprovado para o ano em curso e em que a escalada de preços, designadamente nos combustíveis e na energia, dificulta ainda mais a acção autárquica”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Raide Hípico de Santa Eulália homenageia cavaleiro Jaime Magarreiro

O Raide Hípico de Santa Eulália “Luís Tello Barradas”, prova organizada pela Associação Hu…