Um camião, que transportava uma grua de grande porte, derrubou um cabo suspenso de Fibra Óptica que, por sua vez, provocou a queda dos dois semáforos existentes no local. Não há vitimas a lamentar. No local está a PSP e os Bombeiros Voluntários de Elvas.

Zona muito movimentada e perigosa

Uma reportagem publicada na edição 3663 do Linhas de Elvas de quinta-feira, dia 24, dava conta da preocupação que os moradores daquela zona sentem devido à perigosidade da via, com uma curva apertada e numa artéria bastante movimentada, especialmente agora, devido à obra do combóio de mercadorias. Na reportagem “Moradores temem o pior quando saem das garagens”, quem ali vive teme o pior sempre que sai ou entra das suas vivendas.

“Para quem mora no início da Avenida dos Bombeiros Voluntários de Elvas, logo após a rua João Franco do Vale, no Bairro de São Pedro, o simples gesto de sair com a sua viatura da garagem é sinónimo de grande preocupação. Isto porque os acessos às garagens são logo a seguir a uma curva com pouca visibilidade e, apesar de existir sinalização para controlar a velocidade, “a maioria” dos condutores “não respeita” o semáforo”. Esta a introdução de um problema que já é recorrente e que preocupa quem reside naquele local.

“Praticamente ninguém respeita o sinal vermelho”, lamentou Mário Dias ao Linhas de Elvas.

Segundo o morador, que já vive naquela zona “há 29 anos”, quem “sai com o carro da garagem está sempre com o coração nas mãos”. “Isto é um perigo. Nunca sabemos o que é que vai acontecer. De um momento para o outro pode acontecer o pior”, alertou.

Mário Dias até já fez as contas ao tempo que as viaturas levam a chegar à zona perigosa. “Até à minha garagem demoram dois segundos, se forem a 45 quilómetros à hora. Se forem a 80, então é um segundo. Assim sendo, quem é que pode salvaguardar a saída das garagens? Temos de ter muito cuidado e muita precaução”, disse.

Para evitar possíveis acidentes, os moradores que pretendam sair das suas garagens têm de contar com o auxílio de familiares ou amigos.

Hoje aconteceu um acidente no local. Não foi grave, mas é a prova que o local é de elevada perigosidade.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: Presépios de playmobil para ver na Casa da Cultura

A Casa da Cultura, em Elvas, vai acolher, a partir de 8 de Dezembro, a exposição “Presépio…