A Câmara de Castelo de Vide está envolvida numa missão humanitária para resgatar seis refugiados ucranianos que se encontram na Polónia, após um pedido por parte de familiares que residem naquela vila alentejana.
Contactado pela agência Lusa, o presidente do Município de Castelo de Vide, António Pita, explicou que uma equipa dos serviços da autarquia já se encontra na Polónia para resgatar “seis mulheres ucranianas”, com idades compreendidas entre os 17 e os 70 anos.
O autarca indicou que os cidadãos ucranianos que residem em Castelo de Vide estão integrados na comunidade e comprometeram-se a garantir o alojamento e alimentação dos familiares refugiados que vêm para Portugal.
“Para lá [Polónia] levámos também alimentos, medicamentos, entre outros bens, para ajudar a minimizar o sofrimento de quem está a passar por este conflito”, acrescentou o autarca.
De acordo com António Pita, as seis mulheres refugiadas deverão chegar na quinta-feira a Castelo de Vide, esperando a autarquia “apoiar a integração” destas pessoas na comunidade.
A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 564 mortos e mais de 982 feridos entre a população civil e provocou a fuga de cerca de 4,5 milhões de pessoas, entre as quais 2,5 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.
A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Comendador Rui Nabeiro agraciado pelo Exército

O Comendador Rui Nabeiro foi condecorado com a Medalha de D. Afonso Henriques - Mérito do …