Nuno Mocinha, eleito pelo Partido Socialista, está de regresso ao executivo camarário.

Recorde-se que o autarca havia solicitado a suspensão do mandato por um período máximo de 360 dias, mas decidiu, recentemente, reassumir as suas funções de vereador.

“Hoje reassumi as funções de vereador da Câmara Municipal de Elvas, lugar para que fui legitimamente eleito e que irei desempenhar com sentido de responsabilidade e na plena defesa dos interesses de todos os Elvenses. Não alimentarei interesses pessoais de ninguém, nem estarei disponível para discussões que não levem a lado nenhum. Esclareço, por opção pessoal e atendendo à minha atividade profissional, que não terei disponibilidade para aceitar qualquer pelouro, não ficando assim a receber qualquer ordenado da Câmara Municipal. Darei o meu melhor, com sentido construtivo e no respeito pelo programa que foi apresentado pelo Partido Socialista nas últimas eleições autárquicas. Espero contribuir para a resolução de inúmeros problemas que se veem agravados por uma guerra na Europa, que nos exige verdade, respeito e sentido de responsabilidade”, referiu Nuno Mocinha em comunicado.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Monforte: Jovem perde a vida em colisão no IP2

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um pesado, ocorrida na tarde de segunda-feira, dia …