Tendo em conta a actual situação de guerra na Ucrânia e o êxodo de refugiados na Europa, estando já Portugal a receber cidadãos ucranianos e esperando-se que o mesmo venha a acontecer em Elvas, a associação Gota d’Arte lançou uma campanha assente em três vectores, nomeadamente na criação de um banco de tradutores/tutores que dominem a língua ucraniana ou russa, um banco de emprego e um banco de alojamentos de curto ou médio prazo.

O primeiro pretende reunir voluntários que possam receber e apoiar estas pessoas nos passos que terão de dar.

O objectivo do segundo é criar, de uma forma simples, uma listagem de empresas ou particulares que possam oferecer trabalho a tempo inteiro ou parcial a cidadãos ucranianos.

Já o terceiro está a ser trabalhado em paralelo com o Município de Elvas, uma vez que a Gota d’Arte é parceira no CLASE.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Da loucura da loiça aos comes e bebes, passando pelos espectáculos e divertimentos. Assim foi o São Mateus 2022

Entre aspectos positivos e outros menos bons, chegou ao fim mais uma edição das Festas em …