A Estratégia Local de Habitação (ELH) de Vila Viçosa, que envolve cerca de um milhão de euros de investimento, foi aprovada pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), revelou a Câmara.

Em comunicado, o Município indicou que a ELH vai apoiar, ao abrigo do 1.º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação, “27 agregados, correspondentes a 100 pessoas”, que “vivem actualmente em condições habitacionais indignas” no concelho.

O presidente da Câmara, Inácio Esperança, explicou à Lusa que estão previstas “obras em 27 habitações de famílias do concelho”, que vivem em casas “degradadas”.

Com esta iniciativa, o objectivo passa por “melhorar as condições de habitação de cerca de 100 pessoas”, disse.

Segundo o autarca, está também prevista a “reabilitação de moradias que estão em ruínas no Centro Histórico de Vila Viçosa”.

“É muito importante este apoio às famílias do concelho que habitam em condições indignas”, realçou o presidente da Câmara, acrescentando que, “no século XXI, já ninguém devia habitar nestas condições”.

Inácio Esperança referiu ainda que a ELH “pode ir sendo ajustada à medida das necessidades na área da habitação”, embora tenha de ser desenvolvida até ao final de 2026.

“Vamos trabalhar e pôr mãos à obra para que se consiga realizar a Estratégia Local de Habitação na sua totalidade”, argumentou.

De acordo com a Autarquia, o acordo de colaboração com o IHRU para o desenvolvimento da Estratégia Local de Habitação foi assinado na quinta-feira, dia 24 de Fevereiro.

TCA // RRL
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

AHRESP defende criação de apoios para vítimas dos incêndios

AHRESP defende criação de apoios para vítimas dos incêndios …