A Câmara Municipal de Elvas, na sua reunião de quarta-feira, dia 23 de Fevereiro, decidiu solicitar um parecer à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo e à Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) para depois deliberar sobre o pedido de interrupção da suspensão de mandato de Nuno Mocinha.

A proposta foi aprovada com os votos a favor de Rondão Almeida, Anabela Cartas, Hermenegildo Rodrigues (Movimento Cívico por Elvas) e Paula Calado (coligação PSD/CDS-PP), tendo Vitória Branco (PS) optado pela abstenção e Cláudio Monteiro (PS) votado contra.

O vereador Tiago Afonso, também eleito pelo PS, não esteve presente nesta sessão, por motivos de assistência à família.

Rondão Almeida
Cláudio Monteiro
Paula Calado

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Monforte: Jovem perde a vida em colisão no IP2

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um pesado, ocorrida na tarde de segunda-feira, dia …