Portugal tem 151 concelhos no nível mais elevado de incidência de infecções pelo coronavírus, um aumento substancial face aos 32 que estavam na mesma situação epidemiológica na sexta-feira da semana anterior, indicam os dados da Direcção-Geral da Saúde (DGS).
Segundo o relatório da DGS, estes 151 concelhos (de entre os 308 municípios do país) apresentam uma incidência cumulativa a 14 dias superior a 960 casos de infecção por 100 mil habitantes, o patamar mais alto dos sete definidos pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC).
Desse grupo de 151, oito concelhos registam mesmo uma incidência de infecções acima dos 2.000 casos, entre os quais se destaca o Porto Santo, com 4.753, seguido de Lisboa (2.510), Ferreira do Zêzere (2.301), Porto (2.129), Câmara de Lobos (2.117), Campo Maior (2.066), Almada (2.005) e Amadora (2.001).
No nível abaixo, com uma incidência entre os 480 e 959,9 casos, estão agora outros 114 concelhos, enquanto outros oito – Borba, Calheta (Açores), Corvo, Lajes das Flores, Mourão, Santa Cruz das Flores, Vinhais e Vidigueira – registam uma incidência entre 120 e 239,9 casos.
O concelho das Velas, nos Açores, é o que apresenta melhor situação, sendo o único do país que tem uma incidência entre os 60 e os 119,9 casos, o segundo nível mais baixo dos critérios do ECDC.
Na nota explicativa dos dados por concelhos, divulgados no boletim epidemiológico da DGS, é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

PC // ROC
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Elvas: Santa Casa honra padroeira com missa e ladainha

A Santa Casa da Misericórdia de Elvas vai realizar, no dia 13 de Dezembro, as cerimónias e…