Não serão, porventura, novos desportos, no sentido de terem sido criados no século XXI, mas são os desportos que mais praticantes têm conquistado, ao longo dos últimos meses/anos.
Retiramos da equação o desporto-rei. Não por ser menor, muito pelo contrário, mas por abarcar um grande percentagem de praticantes, nos vários escalões, em clubes locais, regionais e nacionais. E, talvez pelo facto de teimar-se em não o encarar como um desporto amador, nos sonhos dos “futuros futebolistas”.
Pode conferir aqui todas as novidades e resultados das várias competições do futebol nacional e internacional, e não só.
Excluímos também, desta lista, os desportos comumente vistos como os mais praticados, desde há largos anos e com uma longa tradição no nosso país: do voleibol ao basquetebol, do andebol ao hóquei em patins, do ténis ao atletismo.

Padel

Do inglês Paddle, esta modalidade tem conquistado portugueses e não só. O padel combina várias disciplinas de raquete, entre ténis, squash e badminton.
A facilidade de aprendizagem e as regras simples tornam esta modalidade muito apreciada e o número de praticantes e de campos dedicados tem registado um aumento sem precedentes.
Jogado em duplas, o padel combina destreza, habilidade e complexidade, na disputa de pontos.
O facto de haver cada vez mais espaços dedicados, a vertente social (após as partidas) e a possibilidade de praticar-se todo o ano – campos indoor ou outdoor – fazem com que o padel ocupe um lugar cimeiro na preferência dos desportistas.

Ciclismo

É cada vez mais usual cruzarmo-nos, principalmente ao fim de semana, com grupos de ciclistas, em passeios organizados.
Vestidos a rigor e com bicicletas super equipadas, são cada vez mais os praticantes desta modalidade.
Também, neste caso, a componente social é muito importante: os ciclistas aliam o desporto ao convívio, em viagens programadas, com rotas definidas e pausas para conversar e “abastecer” para a próxima etapa.
Requer alguma preparação física, dependendo do terreno e da distância e não é um desporto propriamente barato!

Caminhada

O número de trilhos e caminhos pedestres, em Portugal, têm, nos últimos anos, aumentado exponencialmente.
Como principais vantagens desta modalidade apontamos o baixo custo e as paisagens naturais que o praticante pode percorrer enquanto caminha.
Alguns trilhos, mais montanhosos, podem exigir uma preparação física. Porém, felizmente, há caminhos pedestres com diferentes graus de exigência, adaptados ao nível do caminhante.

Patinagem Artística

Esta disciplina tem, ao longo dos últimos anos, conquistado muitos praticantes, principalmente nos mais jovens.
É uma modalidade bastante exigente, cuja aprendizagem obriga a várias quedas, mas que, em função da evolução do patinador, apresenta verdadeiros espetáculos visuais, desde a figuração à encenação e aos exercícios.
São cada vez mais os clubes de hóquei que oferecem formação em patinagem artísticas.

Natação

Um desporto cansativo ou relaxante, em função do intuito.
A aposta em instalações modernas, de vários municípios, tornou a natação mais acessível e levou muitas crianças a aprender a nadar.
Não incluindo a natação federada e respetivas competições, esta disciplina revela-se um antídoto para os dias corridos do quotidiano e o número de praticantes tem aumentado.
Uma das grandes vantagens é que pode praticar-se em piscinas fechadas, no inverno e piscinas ao ar livre, no verão.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Ana Maria Santos
Carregar mais artigos em Empresas

Veja também

Nissan apresenta novo ARIYA

A Nissan vai dar a conhecer o seu crossover 100% eléctrico, o novo ARIYA. …