O estudante espanhol Pablo Sierra, de 21 anos, está desaparecido desde quinta-feira, na cidade de Badajoz, com as buscas a prosseguirem hoje, dia 6 de Dezembro, nas imediações de uma residência universitária na Avenida de Elvas.
O dispositivo montado para encontrar o jovem incluiu também a zona de depósitos de água de La Luneta, perto do Bairro de Los Colorines.
As autoridades espanholas empenharam, no fim-de-semana, um dispositivo de busca com cerca de 50 pessoas, que incluiu lanchas e um helicóptero, numa tentativa de localizar o jovem. A investigação centrou-se nas margens do rio Guadiana, uma vez que o telemóvel de Pablo foi encontrado, por um guarda civil que se encontrava de folga, na zona de Las Crispitas.
O paradeiro do jovem, natural de Zorita (Cáceres), é desconhecido desde a noite de dia 2 de Dezembro. Foi visto pela última vez na rua Zurbarán, depois de ter saído com amigos ao centro da cidade. Sabe-se que iria apanhar um autocarro para se deslocar para a residência de estudantes, onde morava.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Associação instala novas estações meteorológicas, incluindo em Alandroal

A Associação MeteoAlentejo instalou, nos últimos dias, mais três novas estações meteorológ…