O primeiro-ministro António Costa visitou, no passado dia 30 de Novembro, uma das freguesias de Monforte, onde esteve presente na cerimónia de apresentação do projecto da Central Solar de Santas, no valor de 120 milhões de euros.

Na ocasião, Gonçalo Lagem, presidente da Câmara Municipal, afirmou que, se por um lado, lhe parece “muito ambiciosa esta visão e esta estratégia consolidada do Governo no que diz respeito à implementação das energias renováveis”, por outro, entende que é necessário “tirar contrapartidas e mais-valias de todos estes investimentos, pois não devemos capitalizá-los só em termos energéticos e descarbonização, mas também como estruturas de sustentabilidade social”.

“Estes são territórios desertificados, envelhecidos, e, portanto, temos de saber rentabilizar e aproveitar esta oportunidade de investimento para defendermos aquilo que é a identidade deste território, atraindo e qualificando mais pessoas e retendo os jovens”, acrescentou.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Universidade de Évora vai ‘ganhar’ mais 105 camas com apoio do PRR

Mais 105 camas de alojamento estudantil vão ‘nascer’ na Universidade de Évora (UÉ), para u…