O treinador Lito Vidigal orientou hoje o primeiro apronto ao serviço do Moreirense, mesmo sem ainda ter sido anunciado como sucessor de João Henriques, disse à agência Lusa fonte do clube da I Liga de futebol.
O técnico luso-angolano, de 52 anos, foi apresentado ao plantel ao início da tarde e orientou a sessão na academia dos minhotos, visando a deslocação a Tondela, para defrontar o 10.º colocado, com 12 pontos, em jogo da 13.ª ronda, no sábado, às 15:30, no Estádio João Cardoso.

José Carlos Fernandes Vidigal, conhecido no futebol por Lito Vidigal, está à procura de completar a sua equipa técnica, numa altura em que o Moreirense ainda não oficializou a sua entrada em funções nem se pronunciou sobre a iminente saída de João Henriques.
Os ‘cónegos’ ocupam o 16.º lugar da I Liga, de acesso ao ‘play-off’ de permanência, com nove pontos, apenas um acima da zona de despromoção direta, na sequência de uma vitória (2-1 na receção ao Arouca, à sétima jornada), seis empates e cinco derrotas.
O Moreirense foi também eliminado da primeira fase da Taça da Liga, ao perder na deslocação ao estádio do Penafiel (2-1), da II Liga, mas vai discutir em Mafra o acesso aos ‘quartos’ da Taça de Portugal, após já ter afastado o Oriental Dragon, da Liga 3 (3-2, após prolongamento) e o primodivisionário e rival concelhio Vitória de Guimarães (3-2).
João Henriques substituiu Vasco Seabra em 05 de junho, logo após o final de 2020/21, mas não resistiu aos maus resultados, estando agora a negociar com a SAD liderada por Vítor Magalhães os termos da rescisão do contrato que vigorava até ao final da época.
O ex-treinador de Vitória de Guimarães, Santa Clara e Paços de Ferreira, de 49 anos, deve sair na companhia dos adjuntos Luís Morgado e Mauro Moderno, do preparador físico Alberto Carvalho e do técnico de guarda-redes Hélder Narciso, ficando apenas o habitual adjunto Leandro Mendes, prestes a juntar-se ao ‘staff’ liderado por Lito Vidigal.
O luso-angolano prepara-se para a oitava experiência na I Liga, praticamente um ano depois de ter deixado o Marítimo, à oitava jornada da edição 2020/21 da I Liga, na 17.ª e penúltima posição, com sete pontos, graças a dois triunfos, um empate e cinco derrotas.
O Moreirense vai efetivar mudanças no comando técnico pela terceira época seguida, entre seis treinadores utilizados, sendo que Ivo Vieira, atual timoneiro do Famalicão, foi o último a disputar um campeonato inteiro, em 2018/19, aquando do histórico sexto lugar.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Desporto

Veja também

Universidade de Évora vai ‘ganhar’ mais 105 camas com apoio do PRR

Mais 105 camas de alojamento estudantil vão ‘nascer’ na Universidade de Évora (UÉ), para u…