Um violino Stradivarius do século XVIII e um tambor Teponaztli, usado no México pelos aztecas e outras culturas, são alguns dos instrumentos musicais raros que podem agora ser apreciados na vila de Monsaraz, no Alentejo.
O Museu Coleção Vintém, na Igreja de Santiago, naquela vila medieval alentejana, no concelho de Reguengos de Monsaraz, abriu esta semana e reúne dezenas de instrumentos musicais e tradicionais do mundo, segundo a câmara municipal.
As raridades são propriedade do professor e produtor musical Fernando Vintém e a exposição engloba membranofones, aerofones, cordofones e idiofones, acrescentou o município.

Mais desenvolvimentos na edição impressa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Covid-19: Mais 22 mortos e 5.649 infectados, maior número de casos desde Fevereiro

Portugal regista hoje mais 22 mortos por Covid-19 e mais 5.649 infecções com o vírus da do…