A Câmara de Estremoz vai pedir ao antigo presidente do município Luís Mourinha a devolução das verbas pagas pela autarquia em despesas relacionadas com um processo judicial no qual o ex-autarca foi condenado por prevaricação.
Os serviços municipais já estão “a fazer o apuramento dos valores que estão em causa para serem solicitados” ao antigo autarca, revelou hoje à agência Lusa o presidente cessante da Câmara de Estremoz, Francisco Ramos.

Mais desenvolvimentos na edição impressa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Covid-19: Mais 22 mortos e 5.649 infectados, maior número de casos desde Fevereiro

Portugal regista hoje mais 22 mortos por Covid-19 e mais 5.649 infecções com o vírus da do…