Um investigador da Universidade de Évora (UÉ), Germilly Barreto, foi um dos vencedores da Eurotherm Young Scientist Prize and Awards, com a sua tese de doutoramento em Engenharia Mecatrónica, revelou a academia alentejana.
Trata-se da “primeira vez que um dos prémios do comité da Eurotherm foi atribuído a uma tese de doutoramento desenvolvida numa universidade portuguesa”, realçou a instituição.
O júri do prémio distinguiu o trabalho deste investigador do Instituto de Ciências da Terra (ICT) da UÉ pelo “nível científico, originalidade, importância dos resultados para as ciências térmicas e transferência de calor” e pela “adequação da modelação numérica e os métodos experimentais utilizados”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Mudança do estado tempo em Portugal Continental

Mudança do estado tempo em Portugal Continental …