Os detectores do projecto SMART, do Instituto de Astrofísica da Andaluzia, registaram a queda de um meteorito na província de Badajoz, na noite de 16 de Setembro, noticiou a rádio “Cope”.
Cerca das 22,25h, os detectores captaram como uma rocha proveniente de um asteróide impactou contra a atmosfera a 76.000 quilómetros por hora.
Como consequência dessa enorme velocidade, a rocha ficou incandescente, gerando uma bola de fogo que cruzou o céu nocturno, sendo a sua luminosidade equivalente à da lua cheia, pelo que pôde ser vista a mais de 600 quilómetros de distância.

A bola de fogo iniciou-se a sul da província de Badajoz e extinguiu-se perto da localidade de La Albuera.
Ao longo do seu trajecto houve várias explosões, que provocaram aumentos súbitos da sua luminosidade.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Auditoria ao cumprimento do contrato da água vai a reunião de Câmara

A Câmara Municipal de Elvas tem uma sessão ordinária marcada para 27 de Outubro, quarta-fe…