O jovem, de 17 anos, suspeito da tentativa de homicídio de outro, um ano mais novo, em Campo Maior, na quinta-feira, foi detido pela Polícia Judiciária, revelou hoje esta polícia de investigação criminal.
Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a Polícia Judiciária (PJ) explicou que o jovem foi identificado, localizado e detido por alegada tentativa de homicídio com arma branca, por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora.
Sobre o suspeito recaem “fortes indícios da prática do crime de homicídio, na forma tentada”, pode ler-se no comunicado.
Segundo a PJ, os factos ocorreram na madrugada de quinta-feira, no concelho de Campo Maior, quando o agressor, “munido de uma arma branca”, no seguimento de uma discussão com um amigo, “golpeou a vítima, na zona do abdómen”, causando-lhe um “ferimento grave” que obrigou a intervenção hospitalar.
“A vítima não corre, atualmente, perigo de vida”, indicou a PJ.
O suspeito, estudante, vai ainda ser presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.
Na quinta-feira, fonte da GNR revelou à Lusa que um jovem, de 16 anos, tinha sido esfaqueado, nessa madrugada, na sequência de uma desavença com outro, de 17, junto a um bar, em Campo Maior.
A mesma fonte indicou que o jovem tinha sofrido ferimentos ligeiros, tendo sido transportado para o hospital de Portalegre.
Na altura, a GNR disse ter identificado o alegado agressor e apreendido uma arma branca, a navalha supostamente utilizada na agressão.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: Cheiro e fumo intenso devido a queimada de ramos de árvores

Elvas: Cheiro e fumo intenso devido a queimada de ramos de árvores …